domingo, 17 de abril de 2011

NASCIMENTO DA NOVA RAÇA HUMANA

Está ocorrendo uma contínua intervenção da consciência superior atualmente aqui na Terra não apenas por parte de ETs do espaço, como também de níveis superiores de consciência, dimensões superiores de luz que decidiram tornar sua presença mais pessoal. Não estão vindo em naves, e sim em forma de espírito. Estão entrando em nosso caminho evolutivo, por amor. Estão aqui simplesmente para ajudar.

Silenciosamente, a Mãe Terra está dando à luz crianças de um novo sonho. Ou é o contrário — as crianças estão mudando o sonho da Terra Mãe? No mundo todo as pessoas estão descobrindo que existe agora uma cura verdadeira para a AIDS. Mas, o que seja talvez até mesmo mais importante, o mundo está mudando de uma maneira jamais vista por causa da AIDS. Há uma magia na atmosfera. A ciência com cautela anunciou que, neste momento, aparentemente está nascendo das cinzas da AIDS uma nova "super" raça humana na Terra, e ao mesmo tempo manifestou-se agora uma nova esperança para nosso mundo ameaçado. É real. E é, em minha opinião, o fenômeno humano mais importante jamais ocorrido nesta Terra.

Em primeiro lugar, antes de contar a história e mostrar as provas, vamos tratar de nosso dilema da consciência humana, pois no dilema está a compreensão. Por um lado, oculta da atenção da maior parte do mundo, existe uma grande e crescente luz brilhante.

Somos sonhadores, e estamos sonhando um novo mundo a cada respiração. O resultado deste drama terrestre cabe inteiramente a nós. Sempre tive fé em vocês e em "nós," e agora, talvez, tenha chegado a hora de realmente viver nosso sonho. Vocês sabem o caminho; está bem no fundo de vocês, enterrado nas profundezas de seu coração. É uma luz eterna que nunca se extinguirá. É uma luz que é sua verdadeira unidade com o Grande Espírito, a Fonte.

Este artigo contém informações que estou honrado em lhes transmitir. Descrevem algo relativo a vocês, algo belo e pleno de poder, algo, que quando for compreendido e vivido, poderia levar seus sonhos até a vida e sua vida à consciência superior.

Para lhes mostrar esta beleza e força, devo primeiro tecer uma história ao redor de certos eventos e revelações que estão acontecendo agora na Terra. Uma vez vistos, eles poderão ser-lhes de grande utilidade em seu despertar. A história envolve a conseqüência da AIDS sobre as vidas de milhões de pessoas e acaba com uma nova luz brilhante de esperança para toda a humanidade.

Todos lemos e escutamos certos professores, inclusive eu, sugerindo que a nova evolução incluiria mudanças no ADN humano. As pessoas imaginam mudanças futuras como o aumento do número de faixas de ADN, que chegaria a 12, ou o aumento do número de cromossomos. Isto, claro, poderia acontecer, mas ainda não foi observado pela comunidade científica mundial. Contudo, há mudanças reais no ADN humano descobertas recentemente pela ciência. Essas mudanças poderiam facilmente alterar todo o caminho evolutivo humano e, muito provavelmente, seu caminho pessoal. Para contar esta história moderna, começarei num lugar improvável — a Torá, um dos livros sagrados do mundo. Ousam escutar? É uma história sobre vocês.

Na Torá, que consiste nos primeiros cinco livros da Bíblia, afirma-se seis vezes existir um livro secreto escondido nele e que esse livro secreto não será aberto "até o final dos tempos." Se acreditarmos nos maias, estamos atingindo o final dos tempos nesta época exata.

Há aproximadamente 50 anos um rabino chamado H.M.D. Weissmandel acreditou ter descoberto o livro escondido na Torá num código. Rabino Weissmandel descobriu que ao se pular cada grupo de 50 letras no princípio do Livro do Gênese, obtinha-se a palavra "Tora." Também descobriu que ao se pular 50 letras no Livro do Êxodo, no Livro dos Números e no Livro do Deuteronômio da mesma maneira, obtinha-se novamente a palavra "Torá."

O próprio código era um código simples composto apenas do espaçamento das letras da Torá. Há um exemplo nesta frase: "We ate an oily redia and hid."(Comemos uma larva gordurosa e nos escondemos). A palavra Torah (em inglês) pode ser encontrada pulando-se cada terceira letra na frase em inglês: "We aTe an Oily RediA and Hid." Este sistema de código é usado desde tempos antigos. Porém, até mesmo este código simples foi muito difícil para o rabino Weissmandel decifrar. Teve de esperar até o surgimento do computador.

O Dr. Eli Rips, da Universidade Hebraica criou um programa de software que tem por base este sistema de espaçamento de letras. Ou seja, este programa de software reorganizaria as 304.805 letras da Torá em matrizes diferentes, dependendo da palavra que estivesse sendo procurada e de seu número de letras. Os resultados foram incríveis, até mesmo impressionantes e, se verdadeiros, representariam um dos maiores progressos jamais feitos pela humanidade. E se verdadeiros, todo nosso mundo mudaria muito mais do que quando Copérnico deu-se conta de que a Terra girava ao redor do Sol.

A Universidade Hebraica colocou os nomes de mais de 60 rabinos conhecidos no programa de computador. Em cada caso a Torá revelou seus nomes exatos e dados pertinentes sobre as principais realizações de suas vidas. Além disso, eles pesquisaram muitos, muitos outros assuntos com o software do Código da Bíblia, tais como acontecimentos conhecidos do passado. Descobriram que todas as coisas imagináveis tinham sido escritas nos primeiros cinco livros da Bíblia. Começou a dar a impressão de que o futuro é totalmente conhecido na Bíblia, tendo sido escrito no Livro Sagrado mesmo antes de acontecer.

Uma pergunta importante a se fazer é: Quais as probabilidades de isso ocorrer na Torá? Na verdade, são estatísticas ou probabilidades que estão sendo usadas para provar que o Código da Bíblia é verdadeiro, que realmente existe um livro secreto na Torá. As universidades de Harvard e Yale foram as primeiras a se apresentar para pôr à prova se este fenômeno da Torá era realmente verdade ou apenas uma fraude. A universidade criou programas de software na verdade para provar que o Código da Bíblia não era verdadeiro, mas os resultados verificaram que realmente era verdade. Então o Pentágono, nos Estados Unidos, envolveu-se na história. O poderoso departamento de código e todos os seus recursos concentraram-se em provar a validade ou falsidade do "livro secreto" da Torá. Seus esforços também provaram que o Código da Bíblia era verdadeiro.

Entendam que em estatística, se um acontecimento apresentar probabilidades de um para mil, não é considerado apenas um acidente. Muitas das probabilidades surgidas na Torá são de uma em um milhão e de até uma em dez milhões. Não se trata de um acidente. Estas informações sobre o passado/presente/futuro foram colocadas nos primeiros cinco livros da Bíblia com consciência, aliás, um nível muito elevado de consciência. Muitos acreditam, claro, que foi Deus, considerando o livro secreto uma prova da existência de Deus.

Parece haver certeza agora de que cada pessoa do mundo tem seu nome escrito na Torá.. O que significa isto? Em primeiro lugar, indica que estamos atingindo ou atingimos um ponto especial chamado o final dos tempos; caso contrário não poderíamos ter desvendado o código, de acordo com o próprio Tora. O livro secreto indica que o que todos os profetas têm sugerido acerca desta época em que todos vivemos é provavelmente verdade.

Por ora deixarei o Código da Bíblia e falarei sobre outro fenômeno incrível de nosso tempo. Atualmente estão nascendo crianças que desafiam a compreensão lógica. Parecem estar surgindo três grupos separados de crianças, mas de fato pode ser o mesmo fenômeno se expressando de maneira diferente. Estão sendo chamadas supervidentes das crianças da China, crianças Índigo e os filhos da AIDS.

Estão surgindo na Terra hoje crianças que não são normais segundo os padrões humanos. De fato, de acordo com padrões científicos, os "filhos da AIDS" sequer são humanos. Não possuem ADN humano. O ADN humano é muito específico, e o ADN dessas crianças é diferente o bastante para receber um novo nome.

Por volta de 1984, o governo chinês pela primeira vez descobriu uma criança, um menino, que era vidente além de tudo que já se vira. Quando suas habilidades psíquicas foram testadas pelo governo, constatou-se que eram 100% exatas. O governo encontrou a seguir muitas, depois centenas e milhares.

A Omni foi investigar esse fenômeno a convite do governo chinês. Quando o pessoal da Omni chegou, supôs que pudesse estar havendo fraude, então procederam com grande cautela. O governo lhes deu cerca de 100 crianças para trabalhar. A Omni criou testes, tais como pegar um livro ao acaso, arrancar aleatoriamente uma página, amassar a página, colocando-a sob à axila do pesquisador. As crianças leram perfeitamente cada palavra da página! Depois de muitos tipos diferentes de testes, a Omni acreditou que essas crianças eram incríveis, mas não entendeu como, nem por quê, estava ocorrendo este fenômeno. Vocês podem ler sobre isto no exemplar de janeiro de 1985 da Omni.

Desde então, essas crianças foram descobertas em muitos outros países, como Rússia, Japão, Canadá, Europa e Estados Unidos. Creio que essas crianças estão vindo de um nível muito mais elevado de vida, e estão aqui para nos ajudar com nossa transição evolutiva para um novo mundo. Elas nos ajudam com sua simples presença.

Quando essas crianças começaram a nascer em países que não a China, receberam rótulos diferentes. Nos Estados Unidos, Kryon, através do canal Lee Carroll, as chamou crianças Índigo. Os pais dessas crianças estão sendo transformados simplesmente por estar na presença delas.

Atualmente está acontecendo um novo fenômeno na Terra que ultrapassa o das crianças supervidentes. Aproximadamente dez ou onze anos atrás nasceu uma criança com AIDS. Fizeram exames e descobriram que realmente estava com AIDS. Fizeram exames novamente quando o menino estava com seis meses e depois um ano, ele ainda tinha AIDS. Só fizeram novos exames quando ele estava com cerca de cinco anos, e não acharam nenhum indício de AIDS ou do HIV em seu corpo. Era como se ele nunca tivesse tido a doença.

Foi então que a UCLA (Universidade da Califórnia, campus de Los Angeles) entrou na história. Querendo saber por que esta criança estava livre de todos os indícios de AIDS, começaram a fazer exames. Um exame foi feito no ADN dele. Encontraram um novo resultado chocante: aquela criança não tinha ADN humano. Parecia humana, mas não era.

Como sabem, no ADN humano há quatro ácidos nucléicos que se reúnem em 64 combinações possíveis chamadas códons. Os seres humanos têm 20 desses códons em funcionamento, sem incluir os três que funcionam como os códigos de desligar e iniciar de um computador. Esse garoto tinha 24 códons funcionando! Para mim, o códon é como programa de software de computador, e esse menino tinha quatro a mais que nós.

Quando a UCLA fez exames no sistema imunológico dele, descobriram algo ainda mais espetacular. Pegaram uma dose letal de HIV, muitas vezes mais alta que a necessária para infectar um ser humano normal, e a colocaram numa placa de petri (recipiente raso, de vidro, com tampa frouxa, usado para o desenvolvimento de microorganismos animais e vegetais em laboratório), acrescentaram então algumas células dessa criança. Elas não foram afetadas. Aumentaram a quantidade de HIV a níveis incríveis, mesmo assim nada aconteceu. Depois de aumentar várias vezes o nível de HIV, chegando afinal a uma quantidade três mil vezes maior que a dose infectante, as células da criança permaneceram inalteradas. Passaram, então, a realizar experimentos nas células dessa criança com outras doenças, obtendo o mesmo resultado: parecia imune a todas as doenças.

Então acharam outra dessas crianças, então cem, depois mil. A UCLA agora estima, a partir da observação dos testes de ADN realizados no mundo, que 1% da população tem esse novo ADN não humano. Isso se traduz em mais de 60 milhões de pessoas (não apenas crianças agora) que de alguma maneira passaram por uma mutação e alteração de seu ADN, que se transformou, produzindo este novo padrão não humano. Existe tanta gente agora com esse novo ADN que os cientistas acreditam que neste momento está nascendo uma nova raça humana na Terra. Será que a verdadeira razão de a AIDS ter diminuído em 47% em 1998, a maior queda na história de qualquer doença num período de um ano, tem relação com esses "filhos da AIDS?" Vocês podem ler mais sobre isto no livro de Gregg Braden, Walking between the Worlds (Caminhando entre os Mundos).

Voltemos agora a Torá. Quando a Universidade Hebraica pesquisou a palavra AIDS no Código da Bíblia, encontraram exatamente o que vocês esperariam: as palavras HIV, no sangue, sistema imunológico e muitas outras palavras relacionadas que se espera encontrar associadas à palavra AIDS. Mas também acharam outra frase que na ocasião não fazia sentido para eles: o fim de todas as doenças. AIDS
a doença que tinha a possibilidade de eliminar a raça humana, tenha se tornado o catalisador capaz de, talvez, agora nos tornar imunes a todas as doenças. (Vocês podem ler sobre isto no livro de Jeffrey Satinover, Cracking the Bible Code, página 164.)

Então agora parece que na Terra existem pelo menos 60 milhões de pessoas (e esse número está aumentando muito rápido, acredito eu, já que parece ter começado com uma única criança há apenas alguns anos) que não ficam doentes. O que é ainda mais importante é que talvez haja outro fenômeno associado com essas crianças e adultos, que pode realmente surpreender o mundo e do qual ainda não temos consciência.

Poderiam essas pessoas estar interligadas de um modo com o qual podemos apenas sonhar? Elas têm um propósito coletivo na Terra? Poderiam mesmo ser imortais? O tempo e a história dirão. Os três grupos de crianças passarão a imprimir sua marca na história. Estão aqui na Terra por amor. E estão aqui agora.

A UCLA registrou que os pesquisadores acreditam que a mutação no ADN está ocorrendo por meio de uma resposta emocional/mental/corporal específica das crianças. O ADN apresenta um padrão de forma de onda muito específico, assim como todas as emoções, pensamentos e respostas corporais humanos. Observou-se que uma resposta emocional/mental/corporal em particular apresenta um padrão de forma de onda (assinatura de onda senoidal) quase idêntico ao do ADN. Alguns, inclusive Gregg Braden, agora acreditam que é dessa forma que as pessoa alteram o ADN ou realizam mutações. A resposta emocional/mental/corporal une-se ao ADN, ou entra em ressonância com ele, permitindo que ocorra uma mutação — neste caso, no número de códons. Claro que as informações exatas sobre como isto é feito estão nas malhas e no inconsciente de todos, à disposição de quem pedir com coração.

Gregg Braden acredita (e eu também) que esta resposta emocional/mental/corporal pode ser identificada em três partes. Primeiro, existe uma parte mental na qual a mente vê a Realidade na qual vivemos como um todo, completo e perfeito e que todas as coisas estão interligadas. A idéia de separação (a forma como a maioria dos seres humanos experienciam a vida) é considerada uma ilusão. Ou seja, a experiência de estar dentro de um corpo e de tudo o mais estar fora do corpo, separado da pessoa, já não é vivida. Em vez disso, a pessoa sabe, vê e experiencia que o mundo interior — pensamentos, sentimentos, sonhos, visões e assim por diante — e o mundo exterior da Realidade são o mesmo, estando totalmente interligados.

Quando a pessoa vive este estado de ser, ela então vê, a cada respiração, todas as outras pessoas como sagradas e divinas. O que às vezes é chamado amor incondicional surge então como uma verdade, sendo vivido.

Finalmente, depois dos dois passos acima, a pessoa não julga a Realidade nem as pessoas que são parte dela. Quando julgamos, ainda estamos na consciência de bem-e-mal, e enquanto julgarmos, permaneceremos neste estado de declínio. Não foi isto o que o Jesus nos pediu:"Não julgueis, para não serdes julgados"

Com estes três possíveis aspectos da experiência humana combinados ao mesmo tempo: unicidade, amor divino e não-julgamento, a experiência total poderia ser chamada compaixão. A forma de onda deste tipo específico vai se unir ao ADN, provocando sua mutação no ADN das crianças da nova raça. Qualquer um pode fazer isto com a permissão do Grande Espírito. Vocês podem fazer isto. E agora que tudo se encontra nas malhas da Terra, não faz diferença Vocês podem seguir as crianças. Vocês escolhem.

Todos sabemos lá no fundo que as crianças mostrarão o caminho. E aqui na Terra isto está realmente acontecendo agora. Elas são a inocência do mundo. Sigam as crianças. Qualquer doença que tiverem, sigam as crianças. Acredito que elas nos conduzirão diretamente ao Cristo, direto de volta a Deus.

Jesus disse"Se não fordes como crianças, não entrareis no reino do Céu." Vocês têm poder de mudar o que precisa ser mudado, através dos seus pensamentos e da maneira como vivem suas vidas. Eles são seu joystick.Tenham fé em si mesmos e confiem na Fonte. A antiga raça azul chegou. As crianças da nova raça estão aqui.Vocês estão finalmente indo para Casa.O "final dos tempos’ chegou Transmutem as profecias por meio da inocência, compaixão e luzAs crianças mostrarão o caminho

http://www.amaluz.com.br/

PRANAV VEERA TEM Q.I. 176

Pranav Veera vive em Ohio, Estados Unidos, e tem um quociente de inteligência de 176, maior que o de Einstein, que era de 160. O menino ainda está no jardim da infância e pode dizer o nome a ordem de todos o presidente de seu país, entre outras coisas segundo publicou o portal USA Today.

Seus pais notaram cedo sua inteligência, quando Paranav tinha quatro anos e ficaram muito surpreendidos, já que este fenômeno pode acontecer uma vez em um milhão de pessoas.

A primeira vista, Pranav é uma criança comum e altamente competitiva quando joga vídeogames ou quando brinca na rua. Mas um olhar mais crítico e de perto revela que ele não é um garoto típico, parece ter uma memória fotográfica.

No jardim de infância, seus amiguinhos ainda estão começando a aprender o abecedário e os números até 100. Ele já aprendeu a contar até um milhão.

- "Ele é um menino incrível", disse Marci Taylor, sua professora no Distrito Escolar Milford. "Ele sabe tanto e, mesmo assim, é mais empolgado em aprender do que qualquer outra criança que eu já tenha conhecido", assegurou.

É possível que Pranav tenha uma aprendizagem acelerada pulando alguns anos escolares, mas seu pai disse que teria que considerar o seu convívio social. "Queremos que ele seja o mais normal possível", declarou.

Pranav herdou a inteligência dos pais. Seu pai é Ph.D. e sua mãe tem dois
mestrados.Quando perguntado o que quer ser quando crescer, Pranav
não titubeia:- "Um astronauta", responde sem hesitar.

http://www.mdig.com/

CRIANÇAS SUPER PSIQUICAS

As Crianças Super Psíquicas podem ver com partes de seus corpos que não sejam seus olhos. Este parece ser o seu traço mais consistente, um que as Crianças Índigo não são capazes de demonstrar.

Por outro lado, muitas dessas crianças estão em programas de treinamento onde são sucesso de aprendizagem em habilidades super-psíquica, mesmo aquelas que não nasceram com elas.

Em números crescentes a cada ano, "Novas Crianças" estão nascendo em todo o mundo. Elas têm visão de "raios-X”, movem objetos no ar com suas mentes, e sabem o futuro. E essas habilidades são apenas a ponta do iceberg!

As novas crianças são capazes de mover objetos sólidos através de materiais sólidos, lerem bolas de papéis colocados nas suas orelhas, entortar colheres apenas com a intenção, comunicar-se telepaticamente, e "ler" com partes de seus corpos que não sejam seus olhos!

Algumas das habilidades dessas crianças se assemelham às manifestações da consciência de que falamos sobre a mudança dimensional.O que você pensa é o que você tem! Estas crianças são capazes de demonstrar que o que elas pensam se torna realidade.

Paul Dong;Thomas E. Raffill escreveu “Super Videntes Chineses”, onde relatam o que transpirou na China em torno destas novas crianças psíquicas que começaram a emergir desde 1974, com o menino que podia ver com os ouvidos.

Na verdade, o governo chinês afirma que estas crianças, quando os olhos são vendados, podem ver com as suas orelhas, nariz, boca, língua, axilas, mãos ou pés. Cada criança é diferente e suas visões dessas áreas não-vistas são perfeitas. Eles eram impecáveis.

Numa entrevista com Inge Bardor, 19 anos, uma Super Psíquica que, além de sua clarividência total, pode mover objetos no ar com sua mente, ver com as mãos e pés, e conhecer o futuro à vontade. Ela nos diz o que é crescer, sendo uma criança assim, em um mundo comum – e que seus sonhos são para o uso futuro de suas surpreendentes habilidades.

Arthur C. Clarke, em seu livro Childhood's End, predisse o nascimento de uma nova raça de Crianças Super-Psíquicas. Através de um elo mental em todo o mundo com os outros, essas crianças seriam capazes de fazer alterações em todo o planeta em todos os sistemas físicos.

As Crianças Super Psíquicas são, talvez, a raça mais incomum e carismática nascendo hoje. Suas habilidades dramáticas distinguem das outras duas raças com suas demonstrações sensacionais.Estas crianças são capazes de fazer coisas que muita gente pensou que podia ser feito apenas em filmes de computação gráfica.O que é tão impressionante de tudo é que é real. Se estas crianças não mudarem o nosso mundo, nada mudará.

Na Cidade do México nós encontramos exatamente a mesma coisa. Novos traços humanos emergiam nas crianças de lá. Pode haver mais, mas nós encontramos mais de 1.000 crianças capazes de ver com várias partes de seus corpos.

O que é notável é que estas crianças mexicanas podem ver com as mesmas partes do corpo como as crianças chinesas fazem. Parece que esta mutação no DNA saltou através do oceano assim como no fenômeno do centésimo macaco.

De acordo com Paul Dong em "China's Super Psychics", ver com várias partes do corpo foi a habilidade psíquica que chamou a atenção do governo chinês, mas esta habilidade foi rapidamente entendida como apenas a ponta do iceberg. Estas crianças começaram a demonstrar outras habilidades psíquicas que são verdadeiramente difíceis de aceitar dentro desta realidade''normal''.

Sr. Dong fala também de como mais de 5000 crianças demonstraram talento em outro público surpreendente. Perceba aqui que o governo chinês tem cuidadosamente testado essas crianças para ver se o que estou a dizer é real ou não. O governo está convencido de que é verdade.

Uma criança levaria uma garrafa fechada de comprimidos de uma prateleira de forma aleatória, como pílulas de vitaminas, por exemplo. A garrafa seria selada com o plástico original com um metal bem parafusado ou tampa de plástico. O frasco era então colocado no centro de uma grande mesa nua. Em seguida, uma câmera de vídeo observa o que aconteceu em seguida.

A criança dizia à platéia que ele estava começando, mas nada era visível para o público. De repente, as pílulas dentro do frasco selado passaria através do vidro e apareciam na mesa. Em muitos casos, a criança, então, tomou outro objeto, como uma moeda, colocou sobre a mesa, e que iria passar para o frasco fechado.

Esta demonstração e outros como ele são, definitivamente, aproximando o que eu chamaria de consciência quadridimensional. O que você pensa e o que acontece são conectados.

Desde 1974 o governo chinês descobriu mais de 100.000 crianças com extraordinários poderes psíquicos. Essas crianças, quando os olhos são vendados, podem "ver" com qualquer de suas orelhas, nariz, boca, língua, axilas, mãos ou pés.

Em um teste realizado pela revista Omni, pesquisadores, aleatoriamente rasgaram pilhas de páginas de um livro. A página amassada foi, em seguida, colocada na axila de uma criança chinesa que, em seguida, leu perfeitamente cada palavra que estava no pedaço de papel enrolado. Crianças chinesas também puderam ler a mesma bola amassada colocada sob seus pés, nas orelhas, e até mesmo mastigando-a!

Existem várias outras faculdades psíquicas que têm sido demonstradas na China, de acordo com este livro. Se você estiver interessado, leia o que foi relatado. Você pode pensar que este é apenas truques de magia, mas quando você vê essas coisas pessoalmente, é muito difícil de explicar.

Nos primeiros dez anos, o governo chinês não quer acreditar, até que um número dessas crianças pudesse fazer essas coisas continuarem a crescer. Até o momento Super China Psychics foi lançado em 1997, o governo chinês tinha identificado mais de 100.000 dessas crianças. De fato, por volta de 1985, o governo e a comunidade científica chinesa simplesmente teve que admitir que fosse verdade.

Um jovem chamado Yong Li pode remover cigarros de dentro de uma caixa de papelão sem tocar na caixa. Um menino pode controlar relógios mecânicos, fazendo-os correr rápido ou lento. Outra pessoa pode fazer ponteiros do relógio se moverem rapidamente ao redor do relógio, sem tocá-los. Uma menina de 12 anos de idade, Hu Lian, pode ver dentro do corpo de uma pessoa. Hu viu um pedaço de estilhaços deixados no interior do corpo de um homem e desenhou com precisão a sua forma.

Outras crianças foram testadas em hospitais em sua precisão nos diagnósticos médicos. De 75 casos, as crianças foram completamente precisas em 80% dos casos.Nos ensaios de visualização da posição fetal, eles estavam corretos 84%
do tempo.

Uma jovem chinesa tem demonstrado sua capacidade de influenciar botões de rosas ao vivo numa audiência de mais de 1.000 pessoas que os estavam segurando em suas mãos. Com uma onda silenciosa de sua mão, os mil botões de rosas se abriram lentamente, desabrochando as rosas plenamente, perante os olhos da platéia atônita. E sob a disciplina rígida dos controles de investigação científica, o governo chinês observou estas mesmas crianças mudando as moléculas de DNA humano em um prato de petri.

Como perceberam o que isto poderia significar, o governo criou escolas de formação para ajudar essas crianças em suas habilidades psíquicas. Sempre que uma Criança Psíquica é encontrada agora, ele ou ela é enviado para uma destas escolas.


Importante é o fato de que eles descobriram que eles podem até mesmo levar as crianças que não são conhecidas por terem esses poderes e que na presença das crianças naturalmente psíquicas, as crianças treinadas podem realizar os mesmos feitos maravilhosos.

Mais de 1.000 crianças foram encontradas na Cidade do México que eram capazes de "ver" as mesmas partes do corpo exatamente como as crianças da China. Vendada, uma menina de 18 anos, mexicana, Inge Bardor, pode exatamente saber tudo sobre a pessoa ou lugar em uma foto simplesmente tocando a foto. Inge também pode descrever a pessoa que tirou a foto e que o fotógrafo estava usando naquele dia.

Em uma foto do interior de uma casa, Inge entrou psiquicamente na casa e descreveu exatamente o que estava abaixo de um corredor que não foi mostrado na foto! Foi testada sua capacidade de ler com os pés, e com os olhos vendados, foi dado a ela um jornal que ela leu perfeitamente.

Na década de 70, Uri Geller poderia dobrar um objeto de metal objeto apenas olhando para eles, o que foi comprovado por cientistas do Instituto de Pesquisas da Universidade de Stanford. Demonstrando sua força psíquica na TV em toda a Europa, uma vez Geller pediu às pessoas a colocar facas, colheres e garfos na frente de seus televisores.

Com milhões de testemunhas, Geller dobrava talheres em estúdio perante os seus olhos na TV e os talheres se dobravam nas casas dos europeus que assistiam ao show.

Este único ato teve um efeito colateral interessante. Pelos telefonemas depois do show, descobriu-se que mais de 1.500 crianças foram capazes de absorver a mesma capacidade de dobrar as colheres apenas observando o que aconteceu uma vez na TV! Eles poderiam dobrar todos os utensílios de mesa de metal com suas mentes.

As pessoas, especialmente cientistas, estavam convencidos de que o Sr. Geller era um mágico e que tudo que ele fazia era um truque de algum tipo. O Instituto de Pesquisas da Universidade de Stanford pediu a ele para apresentar sua magia ao escrutínio científico. Geller concordou. Durante um período de tempo Geller fez o que foi pedido e provar de uma vez por todas que sua habilidade psíquica não era um truque.

Só para lhe dar uma idéia do quão apertado foi o teste para Geller. Ele foi colocado em um quarto fechado de aço, que era também uma gaiola de Faraday [uma sala onde os campos electromagnéticos, como as ondas de rádio e ondas de até mesmo o cérebro ou pensamentos, não podia passar através das paredes]. Ele foi selado. Então, disseram o Sr. Geller dobrá-lo. Com todos os seus instrumentos científicos e a gravação do teste, os cientistas de Stanford assistiram com espanto total, o pedaço de metal super duro ser dobrado como se fosse gelatina. Geller não poderia de forma alguma ter enganado.

O que é impressionante é que além de Geller, haviam cerca de 15 crianças na Europa que também poderiam fazer estas coisas, e elas foram testadas junto com ele.Todos os testes que Stanford fez para Geller, fez também com as crianças, e essas crianças poderiam fazer tudo o que ele podia fazer.

Assim, se este era um truque, então as 15 crianças eram também ''mágicos'' avançados, e o Instituto de Pesquisa Stanford, com toda a sua magia científica, não conseguiu detectar a fraude.

Este teste e o restante da investigação de Stanford foi impresso na revista Nature em sua edição outubro 1974. “The New York Times logo saiu com um editorial que dizia: ‘‘A comunidade científica tem noticiado de ‘que existe algo digno de sua atenção e controle” nas possibilidades de percepção extra-sensorial’.

No entanto, aqui estamos próximo ao novo milênio, e a ciência ainda não admitiu seriamente que o potencial humano para habilidades psíquicas é real. Acredito que estas novas crianças aparecendo ao redor do mundo, em breve forçarão a ciência a aceitar o que sempre foi verdade.

O velho paradigma tem para onde ir e deve se dissolver. Em Denver, Colorado, em Julho de 1999, foi solicitado a uma jovem mulher chamada Inge Bardor do México para demonstrar diretamente a este público a sua capacidade de ver com as mãos e os pés. Naquela época ela tinha 18 anos. Por cerca de uma hora, Inge, vendada em torno dos olhos, recebia, aleatoriamente, fotos do público. Ela segurava a fotografia e tocava levemente com as pontas dos dedos da outra mão.

Primeiro, ela descrevia a imagem perfeitamente, como se ela estivesse olhando para ela, mas depois ela se tornaria mais específica, dando informações que seriam impossíveis para ela para saber mesmo de uma foto. Ela poderia dizer tudo sobre o povo ou o local da foto. Ela poderia dizer exatamente onde a foto foi tirada e que estava ao redor da área fora da vista, como um lago ou edifícios.

Inge poderia até descrever a pessoa que tirou a fotografia e o que estava usando naquele dia. Ela poderia dizer o que todos na foto estavam pensando no momento em que a fotografia foi tirada. Em uma foto do interior de uma casa, Inge entrou na casa e psiquicamente descreveu exatamente o que estava no corredor. Ela ainda descreveu o que havia sobre a mesa de cabeceira.

Finalmente alguém colocou um jornal debaixo dos pés Inge, e com seus sapatos de salto alto, ela foi capaz de ler o jornal como se estivesse em suas mãos e ela não estava com os olhos vendados.

Sob a rígida disciplina da investigação científica, o governo chinês observou estas crianças mudando a molécula de DNA humano em um prato de petri diante das câmeras e equipamentos científicos necessários para registrar esse feito supostamente impossível.

Se isso for verdade, disse o Governo chinês, seremos capazes de mudar o nosso próprio DNA apenas com a compreensão correta. Basta seguir as crianças.

A Universidade da Virginia vem fazendo estudos sobre as crianças que se lembram de vidas passadas. Estas crianças dizem coisas como: "Eu tenho outro pai”, “Quando eu era grande, eu costumava ter um carro", “Que aconteceu antes de eu estar na barriga da mamãe”.

Assim como os seus homólogos em todo o mundo, algumas dessas crianças podem ver o futuro e mover objetos com a intenção focada.

P.M.H. Atwater, autor de "Children of the New Millennium", escreve sobre os efeitos posteriores das crianças que têm experiências de quase-pós vida.. Estas crianças prevêem o futuro, possuem excelente capacidade sensorial e empática, não tenho medo do pós vida, e vêem e falam com as pessoas que já fizeram a passagem. Atwater não está sozinho em sua sensação de que essas crianças são o início de uma nova raça de pessoas na Terra.

As Novas Crianças" são muito inteligentes. A revista Newsweek relata que o aumento do QI em todo o mundo desenvolvido "é tão agudo que implica que a criança na escola média hoje é tão brilhante como os quase-gênios do passado." Uma capacidade que especialmente se destaca, é o aumento nos miúdos de uma "inteligência não-verbal", a capacidade de saber ou intuir informação.

As Novas Crianças são solucionadores criativos naturais de problemas. Médicos pesquisadores da UCLA estão descobrindo alguns jovens com um padrão de DNA único que ninguém mais tem. Eles têm 24 códons de DNA ativo. As pessoas normalmente têm apenas 20 códons ativos. Estas crianças têm uma notável resistência à doença e parece estar imune a todas as doenças.

Os “Super Psíquicos" da China, foram reconhecidos e alimentada por seu governo nos últimos 25 anos. Correspondente ao período dos Índigos, e reconhecido por Nancy Ann Tappe em sua pesquisa inicial, como os fenômenos da China que atingiram um ponto crítico.

Paul Dong e Thomas E Raffill, os autores do Super Paranormais da China, afirmam que milhões de dólares foram gastos pesquisando EHF, ou “Funções Extra Humanas” nessas crianças.

Escolas e centros de investigação são difundidos em todo o país. Em 1997, 100 mil dessas crianças foram reconhecidas. Nenhuma pesquisa revelou os números no momento, mas é claro os números estão aumentando rapidamente.

60 milhões de pessoas no mundo já teria mudado seu DNA para melhorar drasticamente o seu sistema imunológico contra a infecção pelo HIV, através de mutação genética espontânea.

Rede de crianças telepáticas no mundo inteiro James Twyman, autor de "Emissary of Love: The Psychic Children Speak to the World", compartilha profunda comunicação telepática com muitas crianças psíquicas.

Um menino, Thomas, fala sobre uma rede mundial de crianças psíquicas que se lembram dos seus “propósitos de alma" - que é ensinar as pessoas como trazer amor e paz para o mundo.

Estas crianças telepáticas são tecnologicamente orientadas, enquanto, ao mesmo tempo altamente intuitivas e criativas. Elas estão confiantes, fortes e de mente afiada.

As Novas Crianças estão aqui para nos acordar As "Novas Crianças" vêm à Terra com um propósito claro. Estes miúdos sabem quem são e porque estão aqui. Eles carregam uma vibração nova e vieram para transformar a consciência da humanidade. Eles estão aqui para vibrar uma energia de amor e paz para a Terra.Eles vibram e visualizam luz, estão mudando a consciência humana.

Sua energia fornece uma perspectiva fresca, inocente, forte e tônica para as pessoas que estão à procura de novas soluções mais viáveis para os problemas e desafios da sociedade. Este é um grande momento na história da Terra - e você está vivo para experimentar essa mudança extraordinária!


O Antigo Segredo da Flor da Vida, Vol. II
Drunvalo Melchizedek

osnavegantes2012.blogspot.com

NATASHA DEMINKA TEM VISÃO DE RAIO X


Em Saransky, capital da Moldávia, uma das repúblicas mais pobres da antiga união soviética, eles a chama de o milagre. Natasha Deminka, hoje com 21 anos, parece possuir a incrível habilidade de enxergar o interior do corpo humano. Ela tem ajudado pessoas que não conseguem tratamente e muitos acreditam que diagnósticos que ela fez salvaram suas vidas.

Ela despertou a curiosidade do mundo inteiro e todos se perguntam a mesma coisa: o dom dela é verdadeiro? O que Natasha mais quer é que acreditem nela, por isso concordou a se submeter a exames realizados pelos cientistas mais respeitáveis e céticos do mundo. O Discovery Channel acompanhou o desafio e exibiu o documentário "A Menina com visão de raio-X". No documentário, ela 7 pessoas na sua frente para dizer qual seu problema médico. Se acertasse 5, os céticos estariam convencidos. Ela acertou 4 e alegou que o ambiente estava muito tenso.

Mas este resultado não afetou seu prestígio e seu apartamento continuou sendo uma espécie de consultório, onde muitas pessoas doentes iam buscar ajudar. Ela conta que uma mulher foi até sua casa, pois não conseguia engravidar, mesmo após nove anos de tentativas. Pouco tempo depois, após a intervenção da Natasha, a mulher conseguiu dar à luz a um menino.

http://www.documentarios.org/

ORAÇÃO A MIM MESMO

Que eu me permita olhar e escutar e sonhar mais.
Falar menos. Chorar menos.

Ver nos olhos de quem me vê a admiração que eles me têm
não a inveja que prepotentemente penso que têm.

Escutar com meus ouvidos atentos e minha boca estática, as palavras que se fazem gestos e os gestos que se fazem palavras. Permitir sempre escutar aquilo que eu não tenho me permitido escutar.

Saber realizar os sonhos que nascem em mim
por mim e comigo morrem por eu não os saber sonhos.

Então, que eu possa viver os sonhos possíveis e os impossíveis; aqueles que morrem e ressuscitam a cada novo fruto, a cada nova flor, a cada novo calor, a cada nova geada, a cada novo dia.

Que eu possa sonhar o ar, sonhar o mar,
sonhar o amar, sonhar o amalgamar.

Que eu me permita o silêncio das formas, dos movimentos,
do impossível, da imensidão de toda profundeza.

Que eu possa substituir minhas palavras pelo toque, pelo sentir, pelo compreender, pelo segredo das coisas mais raras, pela oração mental
[aquela que a alma cria e que só ela, alma, ouve e só ela, alma, responde].

Que eu saiba dimensionar o calor, experimentar a forma, vislumbrar as curvas, desenhar as retas, e aprender o sabor da exuberância que se mostra nas pequenas manifestações da vida.

Que eu saiba reproduzir na alma a imagem que entra pelos meus olhos fazendo-me parte suprema da natureza, criando-me e recriando-me a cada instante.

Que eu possa chorar menos de tristeza e mais de contentamentos.
Que meu choro não seja em vão, que em vão não sejam minhas dúvidas.

Que eu saiba perder meus caminhos
mas saiba recuperar meus destinos com dignidade.

Que eu não tenha medo de nada, principalmente de mim mesmo:
- Que eu não tenha medo de meus medos!

Que eu adormeça toda vez que for derramar lágrimas inúteis,
e desperte com o coração cheio de esperanças.

Que eu faça de mim um homem sereno dentro de minha própria turbulência,
sábio dentro de meus limites pequenos e inexatos, humilde diante de minhas grandezas tolas e ingênuas [que eu me mostre o quanto são pequenas minhas grandezas e o quanto é valiosa minha pequenez].

Que eu me permita ser mãe, ser pai, e, se for preciso, ser órfão.
Permita-me eu ensinar o pouco que sei e aprender o muito que não sei, traduzir o que os mestres ensinaram e compreender a alegria com que os simples traduzem suas experiências; respeitar incondicionalmente o ser; o ser por si só, por mais nada que possa ter além de sua essência, auxiliar a solidão de quem chegou, render-me ao motivo de quem partiu e aceitar a saudade de quem ficou.

Que eu possa amar e ser amado.
Que eu possa amar mesmo sem ser amado,
fazer gentilezas quando recebo carinhos;
fazer carinhos mesmo quando não recebo gentilezas.
Que eu jamais fique só, mesmo quando eu me queira só.

Amém.
 
Autor              Oswaldo Antônio Begiato
Fotografias   Gregory Colbert 
www.slideshare.net